Buscar
  • Myrele Vettorazzi

Vidro Estrutural


Com a atual preocupação da sociedade com questões ambientais, arquitetos vêm em busca de modelos de construção mais sustentáveis para colaborar com essa questão. Como uma alternativa que vem crescendo a cada dia, o vidro como elemento estrutural está sendo cada vez mais difundido em projetos arquitetônicos, visto que é um material 100% reciclável e que possibilita a iluminação natural do ambiente. No entanto, o uso do vidro como parte da estrutura é um desafio muito grande aos engenheiros civis que irão realizar o projeto, pois é um material frágil, com baixa ductilidade, apresentando ruptura sem aviso prévio.

Segundo o Engenheiro Maurício Margaritelli, o vidro é reconhecido como elemento estrutural quando é capaz de substituir estruturas de suporte de fachadas em concreto e aço. Ao resistir aos esforços de vento e peso próprio da fachada, condição obtida através de colunas e vigas de vidro ou de cabos de aço, o material em questão comporta-se estruturalmente na edificação. Porém, apesar de toda dificuldade de sua utilização, o vidro é um ótimo isolante térmico e elétrico e tem vida útil de no mínimo 4 mil anos, mesmo que submetido a processos de desgaste intensos em sua fabricação.

Sabendo a importância ambiental e outros benefícios da utilização do vidro como estrutura, existem alguns cuidados que devem ser tomados ao realizar esses projetos, levando em consideração as propriedades químicas e físicas do vidro. Como o vidro é um material mais frágil que os convencionais utilizados, há a necessidade, principalmente, de um aumento do coeficiente de segurança da edificação. Segundo o engenheiro Mauricio Margaritelli. “Em uma obra de piscina em vidro, onde há grande pressão sobre o material, trabalha-se com fator de segurança 4, ou seja, há uma resistência quatro vezes maior à tensão a que está submetido. Para fachada convencional, é possível pensar em fator de segurança de 60%. Já para as colunas, o mínimo tem que ser de 100% e estarão submetidas à metade da força a que resistem. E nas vigas, o mínimo é 3, segurança que está acima das cargas estipuladas por normas técnicas”.

Cúpula de Vidro da Apple, Nova York

#vidro #estrutural

241 visualizações

CONTATO

Av. Osvaldo Aranha, 99
Porto Alegre, Rio Grande do Sul

ejeciv@ejeciv.com.br

Tel/Whatsapp: (51) 98446-5417

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • YouTube - Black Circle