Buscar
  • Melissa Ribeiro

Compatibilização de Projetos na Construção Civil


Os projetos realizados na construção civil têm, como objetivo, encontrar soluções econômicas e inovadoras para os clientes. Esses empreendimentos necessitam de diversos profissionais para agilizar a execução, e com isso surge um problema: conflito entre os projetos de diferentes profissionais na execução da obra. A compatibilização é realizada para analisar o que foi traçado pelos projetistas que estão trabalhando em uma construção, a fim de evitar interferências entre os projetos, como o hidrossanitário e estrutural, por exemplo.

A compatibilização de projetos deve ser realizada antes da execução da obra, com o objetivo de evitar interferências físicas e perda de funcionalidade, que geram retrabalho, aumentam os custos e provocam atrasos. Atualmente, a forma mais recomendada para a compatibilização é o uso de tecnologia BIM, para garantir a visualização 3D e as informações de cada projeto, com a possibilidade de alterações automatizadas, com uma sobreposição dos desenhos.

Exemplo de compatibilização de projetos

(Fonte: http://bit.ly/2NFfonc)

A compatibilização é feita pela sobreposição de todos projetos existentes da obra (projeto arquitetônico, estrutural, hidrossanitário e elétrico, por exemplo). Surgindo uma interferência entre os projetos, é corrigido antes da sua execução. Por exemplo, uma tubulação cruzando uma viga que o estrutural não previu. Assim, a compatibilização é usada para minimizar e otimizar a execução no canteiro de obra, evitar desperdício de material e retrabalho.

Vantagens da compatibilização de projetos:

  • Custo: Com a compatibilização é possível diminuir custos que as falhas provocariam. Com os ajustes necessários entre os diversos desenhos, chega-se ao projeto executivo final. Com ele, a construtora elabora o orçamento da obra com o valor mais próximo do real e pode iniciar o processo construtivo. O custo da realização da compatibilização representa um investimento em torno de 1% a 2% do custo do empreendimento. Alguns estudos comprovam que o projeto desenvolvido com o método de compatibilização reduz entre 5% e 10% o custo total da obra.

  • Tempo de execução da obra: Controle dos prazos. É preciso investir mais em planejamento e análise para reduzir o tempo de execução. Quando os projetos são analisados com atenção e tempo adequado, o uso de compatibilização evita os desperdícios e imprevistos são reduzidos, seguindo o cronograma de obra de uma construção.

  • Prevenção: Consiste basicamente em prever os problemas e rever soluções, ainda na fase de projeto, e garantir que não haja retrabalho no canteiro de obras e que, assim, o custo da obra que foi determinado, tenha o mínimo de variação. Livros que estudam as patologias das construções estimam que cerca de 51% dos problemas vêm dos projetos e sua concepção, isso inclui as divergências entre estes.

Compatibilização da projetos da EJECiv

A EJECiv têm experiência com os projetos complementares e utiliza a tecnologia BIM para resolver problemas de compatibilidade. Manda uma mensagem pra gente para saber mais!


192 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Av. Osvaldo Aranha, 99
Porto Alegre, Rio Grande do Sul

ejeciv@ejeciv.com.br

(51) 98446-5417

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • YouTube - Black Circle